Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Penso Rápido

Pequenos Remédios, para as comichões do dia-a-dia.

Penso Rápido

Pequenos Remédios, para as comichões do dia-a-dia.

O carteiro bateu só uma vez!

Há dias de telha.

Telha à séria, muito mais dura que as de ardósia e cerâmica. Mesmo em dias de sol, há telha, o que é que se quer! 

E lêem-se umas coisas bonitas, wuindas, para ver se se consegue serenar o espírito (e a telha!), mergulha-se no trabalho de que tanto se gosta, respira-se fundo ao ponto de já me terem perguntado no trabalho se estava com algum ataque de asma agudo, e mais isto e aquilo. E a terapia dos palavrões em fila indiana de que ainda não falei mas um dia falarei por aqui.

Há telhas, o que é que se quer senhores! 

Chega-se a casa e uma encomenda grande e cheia de cor. O carteiro bateu só uma vez e trouxe um envelope cheio, cheio de cor. Um dia destes falarei também sobre isso. 

Por isso, lá tive que dar o braço a torcer e aceitar que alguns dias, só para nos darem a volta, podem acabar bem melhor do que começaram. 

Fim-de-semana colorido!


Foto aqui

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub