Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Penso Rápido

Pequenos Remédios, para as comichões do dia-a-dia.

Penso Rápido

Pequenos Remédios, para as comichões do dia-a-dia.

Coisitas leves ou coisas bouas, bouas à séria

Está calor, uma brasa. Há uma certa vontade de experimentar estrelar ovos no capo do carro. Pronto. É também a fome matinal a falar mais alto. 

Certo, certo é que apetece coisitas mais leves: frutas bouas, sumarentas. Entre uma feijoada à transmontana regado a vinho tinto e uns pastéis de bacalhau com arroz malandro, uma salada e uma imperial fresca prefere-se ... coisitas mais leves. 

E isto sem pensar em dietas exageradas. Mas no gosto por comida boua. Boua a sério em que se sinta os sabores e os temperos, sem grandes invenções.

Por isso, plano para hoje é ter um dia com coisitas mais leves. Deixarem-se chatices, rabugices e anormalidades. Adaptar a dieta da mesa, à dieta do espírito e dar, em pequenas doses, coisitas leves:


  • espreguiçar;
  • sorrir e rir;
  • saborear um chá ou café;
  • abraçar só porque sim;
  • dizer que Gosto Muito porque é tão fácil esquecer de o fazer;
  • ficar quieta por 5 minutos e respirar, respirar...

Coisitas mai´leves ou coisas bouas, bouas à séria







Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub