Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Penso Rápido

Pequenos Remédios, para as comichões do dia-a-dia.

Penso Rápido

Pequenos Remédios, para as comichões do dia-a-dia.

Pão Branco ou de Mistura?

Ela estava para ali a pensar se poderia mesmo ter a vida que se quer.

Assim, acordar de manhã e decidir. Pumba. Do género "eu é que mando na minha vida e já está."

E não se pense em coisas complexas como "Vou trabalhar ou não." Porque isso, convenhamos, a maior parte tem de o fazer porque precisa de comer a sua sopita todos os dias, ou em dias de absoluta loucura, um bitoque. 

Mas coisas simples como:
  • enviar um currículo para a tal empresa de sonho;
  • concorrer a um concurso de televisão;
  • roubar um beijo à pessoa amada só porque sim;
  • grelhar o bife em vez de o fritar;
  • vestir-se melhor porque o merece;
  • começar a andar de bicicleta, fazer caminhadas;
  • ...
Isto leva às mil e uma listas que se fazem por esse mundo a fora, em janeiro. De certeza, que deve haver algum estudo que indique que se gasta mais papel de listas, assim papel bonito onde se pode escrever o que queremos que realmente nos aconteça. E na verdade é muito mais o que NÓS queremos FAZER ACONTECER. A vida que se quer está ao alcance de milhares de escolhas diárias. E não é nenhum exagero pensar que são milhares. Quem tiver paciência que as registe, mas entre fazer o mesmo caminho de sempre para o supermercado, trabalho, e ter a ousadia de experimentar virar à esquerda, em vez de direita, só para ver o que acontece... De novo...Pumba! Não se sabe. 

Se se quer mais aventura, mais objetivos, mais paz, mais amor... Que se escolha, em muitas das milhentas escolhas diárias, fazer o melhor por Nós.

Por isso, hoje vai ser Pão Branco ou de Mistura?


Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub